Os resultados da atleta, que está no projeto desde o início, mostram a importância do trabalho na fase e que se aperfeiçoam as técnicas dos nados e se aprende a competir

Joanna Farina

Joanna Farina, medalha de prata nos 200 m medley, bronze nos 100 m costas e nos 100 m peito no Paulista de Inverno

Joanna Farina, de 11 anos, foi destaque do Novos Cielos/Centro Olímpico no Campeonato Paulista Petiz de Inverno, XVIII Troféu Oswaldo Lopes Fiore, principal competição do primeiro semestre para essa categoria (de 9 a 11/6/2017, em Guaratinguetá, São Paulo).

A garota foi bem na competição. Nunca havia nadado a prova dos 100 m costas e ganhou a medalha de bronze (1min15s29). “Foi um bom tempo”, comentou. Nos 800 m livre também obteve uma boa marca, com 10min22s66, e a quinta posição. Nos 200 m medley ficou com a medalha de prata para os Novos Cielos, com o tempo de 2min40s08, sua melhor marca pessoal para a prova. Também levou bronze nos 100 m peito.

Joanna Farina chegou no Centro Olímpico com 7 anos e integra o projeto Novos Cielos desde o início. É visível a evolução da atleta que está numa categoria muito importante dentro do trabalho de formação desenvolvido, neste estágio, pela treinadora Tamara Rodrigues. Neste estágio a técnica está sendo aprimorada e os nadadores ‘aprendem’ a competir.

“Eu aprendi muito mesmo. Com a Tamara aprendi as técnicas de todos os nados, aprendi bastante, e estou muito mais veloz do que há algum tempo, muito… Acho que estou muito melhor. Também acostumei a me preparar para ir às competições, aprendi a competir. Antes eu ficava bem nervosa e agora todo aquele ambiente já é normal pra mim”, comenta Joanna, que estuda no Colégio Luiz Bimbatti, de Caieiras – está no sétimo ano, sexta série.

Joanna conta que tem o fundamental apoio dos pais para nadar, tanto ela quanto a irmã mais velha, Mary Ana Farina. “Os meus pais adoram. Foram eles que tiveram a ideia de colocar eu e minha irmã na natação.” Disse que consegue conciliar a natação com a escola. “Agora está mais fácil do que antes. Aprendi a me organizar.”

O Novos Cielos/Centro Olímpico, projeto aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte, em parceria com Prefeitura de São Paulo, tem apoio, em seu Ano IV, de Atlas Schindler, Mattos Filho, HTH e Sabemi Seguradora, empresas que investem no Brasil também pelo esportes.