Quem conta é Andresa Pereira Bom, mãe dos dois alunos do núcleo de Santa Bárbara D’Oeste do Instituto Cesar Cielo que mostram grande evolução após o primeiro ano no projeto

Vinícius, Guilherme e Andresa: aprendizado e saúde

Vinícius, Guilherme e Andresa: aprendizado e saúde

Andresa Pereira Bom tem dois filhos nas turmas do Novos Cielos de Santa Bárbara. Guilherme, de 11 anos, e Vinícius, de 9, estão no projeto desde o início, há um ano. A natação passou a ser uma atividade importante na vida dos meninos que estudam pela manhã e nadam à tarde – Guilherme frequenta a Escola Estadual Coronel Luís Alves e Vinícius a EMEFEI Professora Antônia Dagmar de Almeida Rosolen.

A mãe disse que os meninos também gostaram muito de encontrar com o campeão olímpico Cesar Cielo, em evento do Dia das Crianças. “Temos fotos com ele. E autógrafo nas mochilas. Foi um incentivo para as crianças que, além de encontrar com o Cielo ganharam uniforme, aquele kit maravilhoso! A presença do Cesar foi o auge para eles.”

Andresa destaca o aprendizado dos filhos desde que chegaram para o projeto, desenvolvido no União Agrícola Barbarense. “A evolução foi muito grande. Eles nem sabiam nadar e agora já nadam perfeitamente, fazem os estilos. O professor diz que evoluíram, ele tem essa condição de avaliar, mas eu mesma, que sou leiga no assunto, vejo que as crianças não nadavam e estão nadando”, afirma Andresa.

A mãe observa que para Guilherme a natação foi uma indicação era médica – “ele toma um hormônio de crescimento, em função de um atraso ósseo”, explica Andresa. “A natação tem ajudado muito. Ele também tinha dor de garganta, gripe, problemas respiratórios. A evolução está em tudo, na saúde também, e estamos muito contentes por tudo.”

O projeto é um exemplo de parceria para a formação esportiva entre o poder público, o clube, empresas privadas e um instituto. Criado e gerenciado pelo Instituto Cesar Cielo o projeto foi aprovado pela Lei Paulista de Incentivo ao Esporte do Governo de São Paulo, é desenvolvido na piscina do União Agrícola Barbarense, e no Ano I tem patrocínios da Pirelli, Comgás, Usina Furlan e HTH, empresas que investem no Brasil pelo esporte. Para o segundo ano, o Novos Cielos dará as boas-vindas a um novo parceiro, a ArcelorMittal.

Vinícius, Guilherme e a mãe Andresa

Vinícius, Guilherme e a mãe Andresa