JUVENIL KAYKY MELHORA TÉCNICA NO MEDLEY E SONHA COM PÓDIOS

O nadador, de 15 anos, diz que evoluiu desde que chegou ao núcleo do Centro Olímpico do Novos Cielos, mas sabe que ainda pode crescer

Kayky Marquart Mota, de 15 anos, integra o grupo juvenil do Novos Cielos desenvolvido no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), da Prefeitura de São Paulo. O jovem nadador chegou ao projeto do Instituto Cesar Cielo no começo de 2014. “Acho que melhorei a minha técnica no medley e nas provas de fundo. Me integrei bem no grupo”, afirmou Kayky.

No Brasileiro Juvenil de Aracaju, Kayky foi finalista nos 400 m medley – ficou em sexto lugar com 5min01s72 na final, mas fez 4min58s99 nas eliminatórias, sua melhor marca pessoal. “Para o começo do ano foi uma boa evolução”, opina.

O plano de Kayky é seguir evoluindo na natação e traçou metas com o treinador Rodrigo de Mello, um dos professores da equipe técnica do Novos Cielos no Centro Olímpico. “Quero ir para mais finais e então brigar por boas colocações e por medalhas”, observa.

Kayky, que nada desde os 5 anos e é federado desde os 12 – também trouxe o irmão Kauã Marquart Mota, de 9 anos para o Novos Cielos –, é fã do campeão olímpico e mundial Cesar Cielo, criador do Instituto que leva o seu nome. “É um espelho, um dos melhores, um exemplo, alguém que tem o mundo todo olhando para ele. Quando ele está na piscina é bom – a gente pode ver a técnica dele, aproveitar.”

O Novos Cielos é uma parceria entre o Instituto Cesar Cielo, criado em 2010 pelo campeão olímpico, o governo federal, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, os patrocinadores Banco Volkswagen e Jasmine e a Prefeitura de São Paulo. O Novos Cielos tem mais um núcleo, em Santa Bárbara D’Oeste, no interior de São Paulo, em parceria com o Esporte Clube Barbarense.