NOVOS CIELOS RETORNAM À PISCINA PARA A TEMPORADA DE 2017

A temporada marca o fechamento do Ano 3, o início de nova etapa do projeto, uma parceria com o Centro Olímpico, em São Paulo, aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte e patrocinado por ab Concessões, HTH, Mattos Filho e SporTV; a Atlas Schindler passa a integrar o rol de parceiros no Ano 4

O núcleo do Novos Cielos do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo, retorna às atividades depois das férias de fim de ano, para a temporada de 2017, neste mês de janeiro. O projeto tem parceria com a Prefeitura de São Paulo e o Ministério do Esporte, através da Lei de Incentivo ao Esporte, e patrocínio da ab Concessões, HTH, Mattos Filho e SporTV. A Atlas Schindler passa a apoiar o Novos Cielos, em São Paulo, a partir do Ano 4 do projeto.

São empresas que apostam no desenvolvimento do Brasil pelo esporte e têm no projeto a possibilidade de aplicar impostos devidos: crianças e jovens da Escolinha e categorias Mirim, Petiz, Infantil, Juvenil e Júnior, aprendem e competem.

 

O campeão olímpico e mundial e recordista mundial Cesar Cielo, destaca o fato de o Novos Cielos ter a preocupação de “ensinar a competir”. Mandou um recado para os nadadores que participaram dos Brasileiros em 2016: “Vocês mandaram muito bem. Parabéns!”

Para 2017, os objetivos traçados, segundo informou Luiz Fernandes Barbosa, treinador e coordenador técnico do Novos Cielos, são a fixação de uma metodologia de treinamento a longo prazo, trabalhar com a avaliação fisiológica que visa a detecção de talentos e a correção do desenvolvimento do atleta, seguir com a disputa dos campeonatos Paulistas e Brasileiros de categorias; classificar um atleta para a seleção que vai ao Mundial Júnior e o maior número de nadadores possível para regionais como o Kim Molo e o Chico Piscina.

“Vamos avaliar mais ainda os atletas na parte fisiológica, estabelecer uma metodologia para criar padrões visando mesmo a formação de um campeão”, disse Luiz, sobre um dos pontos do programa para 2017.

Infantil tem ano de pódios em 2016

Cielo no Brasileiro de AracajuO último desafio de 2016 foi o Campeonato Brasileiro Infantil, o Troféu Maurício Bekenn, disputado em Aracaju, de 7 a 10 de dezembro. Cesar Cielo, criador do Instituto Cesar Cielo que coordena as atividades do projeto, também acompanhou a competição e participou da entrega de medalhas.

Da categoria Infantil I, Mateus Antonio Assunção, foi campeão dos 200 m borboleta (2″13’61) e vice-campeão nos 100 m borboleta (1″02’11). Yasmim Viana Lopes trouxe quatro medalhas: duas de prata, nos 200 m borboleta (2″28’72) e nos  400 m medley (5″13’79), e duas de bronze, nos 200 m costas (2″28’07) e nos 200 m medley (2″29’37). Gabriela Ichi Pastore, Infantil II, ficou com a medalha de bronze nos 200 m borboleta (2″29’80).

O Novos Cielos ainda teve mais dois campeões brasileiros do Infantil I: Frederico Colloca Bianchi conquistou o ouro nos 200 m costas (2″18’18) e Murilo Modena Cesaro foi o primeiro nos 400 m medley (5″00’07).

Juvenis também conquistam pódios no Brasileiro

No Campeonato Brasileiro Juvenil de Natação, o Troféu Carlos Campos Sobrinho, realizado em Curitiba (PR), Sofia Tura Cordeiro Silva foi vice-campeã nos 200 m peito (2’44″46) e a terceira colocada nos 100 m peito (1’17″18).

Outros pódios conquistados: Natalia Amano, Juvenil II, foi vice-campeã nos 200 m costas (2’23″61); Higor Allison Lisboa, Juvenil II, terceiro colocado nos 100 m borboleta (57″72); Mary Ana Farina, Juvenil I, levou duas medalhas de bronze, nos 200 m costas (2’29″24) e nos 100 m costas (1’08″33).

Para o núcleo do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, o Novos Cielos – Ano III é uma parceria entre o Instituto Cesar Cielo (criado em 2010 pelo campeão olímpico e mundial Cesar Cielo), o Governo Federal, pela Lei de Incentivo ao Esporte, a Prefeitura de São Paulo e os patrocinadores ab concessões, HTH, Mattos Filho e SporTV.

Medalhistas no Brasileiro Infantil com Cesar Cielo

Mateus Assunção, Yasmin Lopes, o técnico Eric Sona, Gabriela Ichi e Cesar Cielo no Brasileiro Infantil, em Aracaju