NOVOS CIELOS TEM CAMPEÕES BRASILEIROS E BONS RESULTADOS NAS CATEGORIAS MIRIM, PETIZ E INFANTIL

O núcleo, do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, busca aperfeiçoamento nos treinos e também ensina a competir; evolução leva turmas menores até as medalhas em Paulistas e Brasileiros

O treinador Eric Sona e nadadores do Infantil

Os objetivos para os 135 atletas do Novos Cielos/Centro Olímpico já estão traçados após o balanço positivo de três anos do projeto que entra em sua quarta temporada: continuar buscando evolução técnica em todas as categorias, com resultados e posições por equipes nos rankings paulista e brasileiro, e conseguir colocar pelo menos um atleta na seleção que vai para o Mundial Juvenil.

Promovido pelo Instituto Cesar Cielo, o Novos Cielos de São Paulo é aprovado pelo Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal e tem parcerias com o Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), da Prefeitura de São Paulo, e empresas que investem no Brasil pelo esporte como AB Concessões, HTH, Mattos Filho e SporTV. A Atlas Schindler é um dos apoiadores do Ano IV.

Os objetivos traçados envolvem todas as categorias – mirim, petiz, infantil, juvenil, júnior e sênior. Mas os treinadores que cuidam da formação nos primeiros degraus da escada estão orgulhosos pela evolução técnica apresentada pelos Novos Cielos e falam dos planos para a temporada.

Eric Sona, em sua terceira temporada no Novos Cielos/COTP, recebeu na categoria Infantil, em 2016, atletas que subiram do Petiz, com uma boa base técnica. “Usei o tempo para treiná-los, mais do que ensiná-los.” Destaca o 4º lugar por equipe no Campeonato Paulista, o 9º no Brasileiro e os três títulos brasileiros obtidos por Matheus Assunção, nos 200 m borboleta, Frederico Bianchi, nos 200 m costas, e Murilo Cezaro, nos 400 m medley.

“Espero um 2017 ainda mais promissor. Recebi um grupo bem preparado para o Infantil 1 e tenho qualidade no Infantil 2. Alguns até receberam convites de outros clubes e permaneceram. Vamos objetivar o inédito terceiro no Paulista de categoria.”

A treinadora Tamara Rodrigues Lopes e a turma Petiz

A treinadora Tamara Rodrigues Lopes e a turma Petiz

Tamara Rodrigues da Silva, treinadora do Petiz, disse que a evolução é significativa. “Os atletas sempre procuravam Corinthians, Pinheiros, Sesi… Hoje, somos uma boa opção. O bacana é que aqui além de treinar eles aprendem a competir. Este é o meu quarto ano no Novos Cielos e é muito gratificante ver esse crescimento.”

O trabalho, informa Tamara, com os atletas do Petiz 2, que já vieram de um crescimento técnico no ano passado, é para que evoluam ainda mais nas competições, e para que o grupo do Petiz 1 que aprenda a competir, principalmente provas como os 400 m, os 800 m e as do estilo medley. Além de, é claro, seguir com a preparação nos treinamentos. “Nessa categoria, eles passam a treinar e competir de verdade.”

 Talento, profissionais, estrutura e envolvimento dos pais

Eloisa Rodrigues Alves destaca o quinto lugar por clubes no ranking da Federação Paulista de Natação das categorias Pré-Mirim e Mirim em 2016. “Os meninos do pré-mirim que foram para o Mirim apresentam melhoria técnica importante, mas também recebemos meninos de academias sem muita base. O mais importante é ter olhar especial, prestar atenção para corrigir e sanar dificuldades, fora da água e também entrando na piscina.”

Competições do Festival Paulista Mirim no segundo semestre serão um bom teste. Eloisa está no projeto desde 2013. “Nossa, é uma evolução grande. A melhoria do nível técnico é perceptível. Joana Farina, por exemplo, que começou comigo com 6 anos. Ganhei os parabéns do pai pela base que ela teve. A base é importante mesmo e o envolvimento da família também. A base, os fundamentos, nadar os quatro estilos com boa técnica, ter boas saídas e viradas…. Tudo é importante para competir bem.”

Neste ano, Eloisa vai intensificar o contato com os pais, de quem também depende a evolução na categoria. “Vamos falar sobre a importância da presença, da regularidade nos treinos. Com talento, professor, pais e estrutura o desenvolvimento é certo.”

O Novos Cielos é projeto aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal e desenvolvido em parceria com o Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, AB Concessões, HTH, Mattos Filho, SporTV e Atlas Schindler.

mirim

A professora Eloisa e a turma Mirim do Novos Cielos